• 15/02/2018
  • Lockey

Afinal, quanto custa morar sozinho? Confira os gastos mais comuns



São muitos os motivos que levam as pessoas a desejarem morar sozinhas: praticidade, comodidade, independência… O problema é que há um longo caminho entre o sonho e a realidade.

Por exemplo: você já parou para pensar que, além do processo de locação de imóveis, é preciso pensar também nos gastos mais comuns que você terá quando já estiver instalado em seu novo lar?

Aí entra a parte chata de morar sozinho: as despesas. Mas isso faz parte da experiência e acaba contribuindo para seu amadurecimento financeiro (isso se você se planejar bem, é claro!).

Hoje é o seu dia de sorte! Reunimos os gastos mais comuns para você saber quanto custa morar sozinho e poder se planejar melhor. Confira!

Seguro-fiança ou garantia

O 1º gasto que surge para quem deseja morar sozinho envolve o aluguel e outras taxas de locação, como o seguro-fiança e a garantia exigidas no caso de você alugar um imóvel sem um fiador.

Por isso, a gente começa com uma dica super importante para você que quer um lar doce lar para chamar de seu sem estourar o orçamento: feche o negócio com uma imobiliária que pague seu seguro-fiança sem nenhuma cobrança a mais por esse serviço.

Vamos combinar que contar com a parceria da imobiliária para uma economia dessas antes mesmo da mudança é um presente e tanto, certo? Aproveite a economia do seguro-fiança coberto pela imobiliária e invista sua grana na mobília ou em uma poupança para aquela super viagem.

Aluguel e condomínio

Essas 2 despesas parecem meio óbvias, mas muita gente se esquece de pensar no impacto que elas trazem ao orçamento mensal.

Leia o contrato com atenção e conferir se não haverá alterações no valor do aluguel.

Já a taxa do condomínio varia de um prédio para outro. Normalmente os prédios mais antigos ou aqueles que possuem muitos apartamentos cobram valores mais baixos de condomínio.

IPTU

O Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) também costuma entrar nos gastos de quem vai morar sozinho. Existe a opção do pagamento à vista com desconto ou parcelado em até 12 vezes.

Água, luz e gás

Não dá para montar uma lista de quanto custa morar sozinho sem incluir esses gastos básicos indispensáveis.

Se você for morar em um prédio, pode ser que o valor da água seja dividido entre os moradores e cobrado no condomínio. A tendência é que a cobrança seja individual, como no caso da energia elétrica.

E se prepare para economizar, porque a conta de luz é um dos gastos que mais podem comprometer seu orçamento. Lembre-se: hábitos de consumo conscientes são bons para o meio ambiente e para seu bolso.

O gás também é outro gasto pesado. Ele pode estar incluído no valor do condomínio ou você pagará pela troca do botijão individual.

Supermercado

Uma das maiores decepções de morar sozinho é chegar em casa com muita fome e não encontrar nada para comer. Sim, o supermercado também deverá ser incluído como mais uma responsabilidade.

A dica para não gastar demais é preparar uma lista de compras (e não se esqueça de incluir os materiais de limpeza!).

Além da alimentação que será realizada em casa, como o café da manhã, não se esqueça de planejar os custos com os lanches e com as refeições fora de casa.

Internet, telefone e TV por assinatura

Esses são gastos considerados secundários e podem variar de acordo com sua renda ou necessidade.

Vale a pena pesquisar por planos que oferecem um combo de telefone internet + TV por assinatura. Ou ficar apenas com os serviços de streaming, como a Netflix.

Reserva

Imprevistos acontecem, e gastos inesperados podem pegar quem mora sozinho de surpresa. Sem ninguém para recorrer, é preciso criar um fundo de reserva para esses momentos.

Olhando todas essas despesas juntas pode ser um banho de água fria em quem está se preparando para morar só. Não desanime! Com um bom planejamento financeiro, em breve você estará feliz no seu apê. E o melhor: com as contas em dia.

Agora que você sabe quanto custa morar sozinho, conte como você tem se planejado para transformar esse sonho em realidade. Já mora sozinho? Que tal deixar suas dicas para economizar com os gastos mais comuns?

[fbcomments]