• 15/07/2019
  • Lockey

Avaliação do imóvel: o que as pessoas consideram ao alugar?



Você sabe como funciona a avaliação do imóvel pelo inquilino? Ao procurar um lugar para morar, as pessoas observam diversas características da casa ou do apartamento antes de fechar o contrato. Portanto, quem tem imóveis disponíveis para locação deve saber quais itens são considerados nesse momento.

Fazendo isso, é possível identificar os pontos fracos e fortes do seu imóvel para investir em melhorias. Vale a pena ficar atento à etapa de avaliação e como ela funciona, pois é isso que define se a pessoa interessada alugará ou não o imóvel.

Quer saber como isso funciona? Então, continue a leitura e descubra os pontos considerados pelos inquilinos antes de alugar um imóvel!

 

Localização

 

Ao procurar um imóvel para morar, é comum que as pessoas procurem opções em localizações específicas, próximas ao trabalho, ao colégio dos filhos ou outros critérios que sejam interessantes para o inquilino.

Os estabelecimentos próximos, como supermercados, farmácias e comércio. Além de características, como o trânsito e a movimentação da região. Por isso, esse também é um valor que influencia no valor do aluguel.

 

Segurança

 

A segurança do imóvel é um dos principais itens avaliados. Infelizmente, os índices de violência geram preocupações, portanto, a tendência é que os inquilinos procurem opções seguras, principalmente em condomínios.

Por causa disso, os apartamentos e condomínios horizontais são ótimos investimentos para quem deseja ter imóveis para alugar. Nas casas, é importante contar com muro, portões eletrônicos e outras medidas que aumentem a segurança do morador. Isso valoriza o aluguel e aumenta o interesse dos inquilinos.

 

Tamanho

 

Sem dúvidas, o tamanho da propriedade é fundamental na avaliação do imóvel. Cada família tem necessidades específicas, mas o bom aproveitamento do espaço é fundamental para que eles tenham conforto.

Imóveis maiores costumam ter um valor mais elevado, mas uma opção para valorizar os apartamentos menores é investir nos móveis sob medida. Eles proporcionam a melhor utilização do ambiente e garantem um rendimento maior no aluguel. Como essa opção oferece mais facilidade para os inquilinos, ela costuma ser uma ótima alternativa para quem deseja deixar o seu imóvel mais atrativo.

 

Estado de conservação

 

A primeira impressão do imóvel é essencial no momento de avaliar a locação, portanto, é preciso ter atenção ao estado de conservação. Realize manutenções periódicas, verifique a parte elétrica e hidráulica, renove a pintura e faça os reparos necessários.

Tenha em mente que, ao visitar o local, o inquilino verificará os acabamentos, o funcionamento das torneiras, energia elétrica e todos os detalhes. Desse modo, além de deixar a propriedade mais bonita e bem cuidada, você também evita propostas de redução de custo ou solicitações de reforma, como condição para fechar o contrato de locação.

 

Complementos

 

Os complementos do imóvel também são avaliados. Ao visitar um apartamento, é comum que os interessados observem a estrutura do condomínio e as áreas comuns, área de festa, quadra, piscina etc.

Se a pessoa gosta de receber convidados, uma casa ou apartamento que tenha churrasqueira privativa podem influenciar na escolha. Para facilitar o negócio, deixe toda a documentação regularizada e conte com auxílio profissional para anunciá-lo.

Você também pode contar com o suporte de empresas especializadas, como a Lockey, que tem o conhecimento necessário para auxiliar no negócio. Assim, você atrai mais inquilinos, agiliza a locação e conta com toda a segurança necessária para alugar o seu imóvel.

Viu só? Depois de saber o que as pessoas consideram ao fazer a avaliação do imóvel antes de alugar, fica mais fácil adequá-lo às necessidades dos futuros inquilinos, garantindo ótimos rendimentos para o seu investimento.

Se você gostou do conteúdo e quer mais dicas sobre o assunto, descubra como economizar na reforma do seu imóvel para valorizá-lo antes da locação!

[fbcomments]