• 29/03/2018
  • Lockey

Conheça 8 tipos de imóvel para alugar



Sabemos que o mercado imobiliário brasileiro é muito diversificado e, por isso mesmo, as pessoas podem ficar em dúvida na hora de escolher uma residência, não é verdade? Dentro desse contexto, conhecer quais são os diversos tipos de imóveis para alugar pode ser muito interessante.

O fato é que temos muitas alternativas disponíveis e cada uma delas tem as suas características, vantagens e desvantagens. E você, também tem dúvidas sobre qual a melhor opção? Quer aprender um pouco mais sobre esse assunto? Então, não deixe de conferir o post que preparamos sobre o tema!

1. Casa

Obviamente, a casa é um dos tipos de imóveis para alugar que você conhece e, possivelmente, é o mais tradicional também. Era muito comum em outras épocas, nas quais os terrenos eram mais extensos e acessíveis para os cidadãos, mesmo nas grandes cidades.

Hoje, essa é uma alternativa mais escassa e difícil de ser encontrada, sendo mais vista nos bairros mais antigos e com construções que já foram feitas há algumas boas décadas.

Em linhas gerais, podemos definir essa unidade como uma habitação que pode variar em termos de complexidade, arquitetura, dimensão, número de pavimentos e na quantidade de cômodos, mas se caracteriza por ser uma propriedade individualizada, ao contrário dos apartamentos.

2. Apartamento

Os apartamentos são, atualmente, os imóveis mais comumente encontrados nos anúncios, sobretudo nos centros urbanos. Com o aumento da população e a verticalização das cidades, a tendência é que isso continue acontecendo, até com mais frequência, nos próximos anos e décadas.

A sua característica principal é que ele tem uma planta com divisões internas muito bem definidas e se localiza em uma estrutura maior, que é a do próprio prédio no qual ele está inserido. Normalmente, tem cômodos bem separados, embora possamos enxergar uma valorização crescente pela adoção de conceitos amplos.

3. Loft

Muita gente ainda tem dúvidas sobre o conceito de loft, especialmente porque esse tipo de imóvel não é tão difundido no Brasil quanto em outros países. No entanto, muitas pessoas gostam desse tipo de unidade e buscam morar em uma delas, especialmente por conta do estilo que elas agregam ao morador.

Eles surgiram nos EUA entre os anos 60 e 70 sendo criados a partir dos antigos galpões industriais de algumas regiões, que sofreram reformas para que fossem usados como residências. Isso faz com que tenham algumas características bem peculiares, como pé direito mais alto, janelas amplas e muita iluminação natural, além de poucas divisões.

É muito procurado, por exemplo, por casais jovens ou pessoas que estejam buscando modernidade, praticidade e sofisticação.

4. Cobertura

Sem sombra de dúvidas, as coberturas também estão entre os diversos tipos de imóvel para alugar que você precisa conhecer. Ela também é um apartamento, mas é aquele que se localiza no último andar de um edifício, com ambientes exclusivos e, normalmente, espaços destinados para uma área de lazer exclusiva.

Esse é um grande diferencial desse tipo de unidade, que pode contar com piscina, sauna, churrasqueira, quintal, espaço gourmet e alguns outros itens do gênero. Certamente, essa alternativa está entre as mais valorizadas do mercado, pois tem características como maior distância dos vizinhos e metragem mais ampla.

5. Duplex

O duplex também é um tipo de apartamento e, como o próprio nome já diz, trata-se de um imóvel que possui dois andares. Embora essa opção seja mais frequentemente encontrada nas coberturas, isso não é uma regra, pois existem duplex em unidades de andares mais baixos ou mesmo em térreos.

O diferencial dessa alternativa costuma ser a metragem maior, mas a sua divisão não costuma fugir do tradicional, com salas, quartos, cozinhas e banheiros, embora ela também possa seguir o conceito amplo de espaços mais abertos. No caso de uma unidade de três andares, ela passa a ser chamada de triplex.

6. Studio

Os studios são uma opção de imóvel que não era tão encontrada no Brasil há alguns anos, porém, vêm se popularizando bastante atualmente. Muito comuns em grandes cidades dos Estados Unidos e da Europa, eles guardam algumas similaridades com os lofts, embora sua origem e seus projetos sejam consideravelmente diferentes.

Um studio se caracteriza mais por apresentar algumas divisões internas, embora tenda a ter algumas incursões no conceito de espaço aberto, como na utilização do modelo de cozinha americana. Em linhas gerais, são propriedades com metragem mais discreta, perfeitas para solteiros ou para jovens que querem focar na vida profissional.

7. Flat

Os flats são imóveis com o estilo de pequenos apartamentos, mas com um grande diferencial que também agrada em cheio aqueles que estão em busca de praticidade. Eles propiciam que os moradores tenham a prestação de diversos serviços, de forma semelhante ao que acontece em um hotel.

Isso quer dizer que quem mora em um imóvel desse tipo tem à sua disposição serviço de quarto, serviços de limpeza, alimentação exclusiva, manutenção, entre outros itens. Dessa forma, os habitantes e visitantes terão muito mais conforto, segurança e comodidade, o que é perfeito para quem não dispõe de tempo para toda a rotina comum de uma casa.

8. Kitnets

Por fim, as kitnets são mais um dos tipos de imóveis para alugar que você precisa conhecer. Imensamente comum nas regiões centrais dos grandes centros urbanos, elas também são uma alternativa perfeita para quem quer ter mais dinâmica no dia a dia e não faz questão de morar em um local com muitos metros quadrados disponíveis.

Em linhas gerais, são propriedades consideravelmente diminutas, com uma metragem total que geralmente está entre 20 e 40 m². Entre suas principais características, está a de possuir apenas um cômodo grande, que acaba fazendo as vezes de quarto e cozinha. Além deles, obviamente, há o banheiro.

Esses são os tipos de imóveis para alugar que você precisa conhecer! São muitas opções diferentes, que atendem, cada qual à sua maneira, a um determinado perfil de morador. Avaliando essas características com um pouco de calma e um olhar observador, você pode achar aquela que se encaixa melhor nas suas necessidades!

Gostou deste conteúdo? Então, não deixe de conferir também o nosso outro artigo do blog que fala sobre as vantagens e o passo a passo para alugar uma casa sem fiador!

[fbcomments]