• 08/03/2019
  • Lockey

Cobrança de aluguel: veja 3 dicas para entrar em contato com o inquilino



A inadimplência é um problema comum em muitos segmentos, inclusive o imobiliário. Ao colocar um apartamento ou uma casa para locação, caso não tenha o intermédio de nenhuma imobiliária, você acaba criando uma relação de informalidade, comprometendo o recebimento.

Para isso, é necessário arcar com as consequências e estabelecer estratégias para a cobrança de aluguel. No entanto, esse tipo de questão gera algumas dúvidas ao proprietário, especialmente no que diz respeito às maneiras de abordagem.

Nesse contexto, elaboramos este post, para que você entenda 3 dicas de como entrar em contato com o seu inquilino, além de entender a importância de contar com o apoio de profissionais para os trâmites de sua locação. Boa leitura!

 

1. Envie o lembrete por e-mail

 

Os motivos que podem fazer com que o inquilino seja inadimplente são vários. Muitas vezes, é possível que ele simplesmente esqueça a data do pagamento. Dessa forma, uma estratégia eficiente para que ele tome conhecimento do dia de vencimento é enviar um lembrete por e-mail.

Esse comunicado não necessariamente precisa ser algo formal. Além disso, você pode criar o hábito de enviar mensalmente, colocando como complemento para que ele desconsidere caso o pagamento já tenha sido efetuado. Esse tipo de comunicação é rápido, prático e eficiente, uma vez que os seus inquilinos lembrarão continuamente sobre a data de vencimento.

 

2. Preocupe-se com o horário de cobrança

 

Ficar atento ao horário da cobrança é essencial, seja qual meio você utilizar. Afinal, imagina alguém estar descansando à noite e ser surpreendido com uma mensagem, e-mail ou ligação com essa finalidade? Logo, essa prática não é muito recomendada.

Para isso, mantenha em contato em horário comercial, mais precisamente entre 9h e 18h. Além de ser o período no qual o seu inquilino está exercendo as funções rotineiras, é possível que ele esteja na rua ou próximo a um banco. Enviar fora desse período pode ter como consequência, ainda, que ele se esqueça novamente no dia seguinte, aumentando os dias de inadimplência.

 

3. Estabeleça um prazo

 

Assim que conseguir contato com o seu inquilino e efetuar a cobrança de aluguel, é importante que se estabeleça um prazo para o pagamento. Dessa forma, você terá uma noção sobre quando esse valor será quitado e não precisará entrar em contato novamente com ele até que o período seja novamente vencido.

Também, não é recomendável que você seja persistente antes de esse prazo combinado vencer. Caso o inquilino ainda não tenha feito o pagamento mesmo após a negociação, entre em contato novamente para entender o que aconteceu e refazer a cobrança.

A cobrança de aluguel nem sempre é uma tarefa fácil. Muitos proprietários consideram essa atitude constrangedora e não entendem bem as maneiras de abordar, até mesmo, por e-mail ou outro tipo de mensagem. É necessário estabelecer uma linguagem apropriada para não constranger o inquilino e que o resultado esperado seja alcançado com êxito.

Contar com uma imobiliária, nesse sentido, é a solução ideal, pois ela garantirá que o aluguel seja pago na data correta e tomará as providências caso o inquilino esteja inadimplente. Assim, você terá o seu imóvel alugado sem se preocupar com questões burocráticas e que podem render aborrecimentos.

Agora, que você entendeu como cobrar o aluguel, saiba como agilizar o processo de locação. Confira!

[fbcomments]