• 25/07/2019
  • Lockey

Confira dicas para evitar custos com imóveis parados



O investimento em imóveis é uma ótima alternativa, mas, para garantir os rendimentos desejados é importante conseguir bons inquilinos. Esse perfil é ideal para auxiliar na manutenção e na conservação da propriedade, além de fazer os pagamentos conforme acordado.

Essa medida é fundamental para evitar ter custos com imóveis parados, que podem resultar em prejuízos. O pagamento das taxas ordinárias de condomínio e do IPTU, por exemplo, costumam ser feitos pelo inquilino. Além disso, ele é responsável por manter o apartamento em boas condições, o que reduz as despesas com manutenção.

Por isso, é comum que os proprietários se preocupem quando os imóveis ficam parados. Você também tem essa dúvida? Então, continue a leitura e confira as dicas que separamos!

 

Faça uma compra consciente

 

Se você é investidor, deve avaliar os imóveis com calma se a finalidade da aquisição for o aluguel. Mesmo que o preço de venda pareça ótimo, verifique se o perfil da propriedade é adequado para aluguel: analise a localização, o tamanho, a garagem e outras características.

Uma vistoria completa também é necessária para garantir que o local não tenha problemas que impeçam ou dificultem o uso, como vazamentos, defeitos nas instalações elétricas e outras irregularidades. Eles podem impedir o aluguel e trazer muitas despesas ao comprador. Se for o caso, considere os custos com reforma e negocie antes da compra para não ter prejuízos.

 

Conheça os atributos do imóvel

 

Para alugar uma propriedade, é preciso fazer uma avaliação para determinar o preço a ser cobrado. Nesse momento, é fundamental conhecer os atributos do imóvel e de que forma isso pode valorizar a locação.

Um cuidado importante para isso é avaliar o público-alvo e quais itens são valorizados por ele. Por exemplo, se são famílias com filhos, um condomínio com piscina, playground e outras áreas de lazer é mais atraente. Por outro lado, se forem estudantes, imóveis mobiliados e próximos à instituição de ensino costumam ser mais procurados.

 

Seja flexível na negociação

 

É comum que os interessados no imóvel apresentem propostas de negociação antes de assinar o contrato, principalmente, para reduzir o valor da locação. Aqui, é importante ser flexível e estar disposto a negociar.

Mesmo que baixar o valor do aluguel pareça um prejuízo, avalie o tempo que o imóvel está no mercado e os custos que se tem com ele parado. Muitas vezes, uma pequena redução é mais vantajosa do que continuar a arcar com as despesas mensais enquanto busca um inquilino que aceite o preço anunciado.

Lembre-se de que, além de evitar ou reduzir os custos de manutenção, o aluguel também garante um rendimento mensal. Portanto, calcule com calma os impactos que o desconto trará para garantir um bom negócio.

Para obter uma locação rápida e sem burocracia, o ideal é ter o apoio de uma empresa especializada. O suporte para anunciar o imóvel, avaliar o crédito do interessado e verificar a documentação necessária são fundamentais para ter mais segurança e agilidade no aluguel.

Agora que você sabe como evitar custos com imóveis parados, tem mais chances de aumentar sua renda com o investimento e reduzir as despesas mensais com a manutenção. Conhece outras dicas para evitar essas despesas ou tem dúvidas sobre o assunto? Então, deixe seu comentário!

[fbcomments]