O que é mais vantajoso: vender ou alugar o imóvel? Descubra!

Home /  Quero alugar um imóvel /  O que é mais vantajoso: vender ou alugar o imóvel? Descubra!

  • 19/04/2018


O mercado imobiliário brasileiro é muito valorizado e, em tempos de economia oscilando, acaba sendo um porto seguro para quem deseja garantir um dinheiro extra no seu orçamento. Dentro desse contexto, é muito interessante saber o que é mais vantajoso: vender ou alugar o imóvel?

O fato é que as duas alternativas têm suas vantagens e podem ser bastante lucrativas, porém, de formas completamente diferentes e mais adequadas para certos perfis. Você também está com essa dúvida? Então não deixe de ler o post de hoje e conferir o conteúdo que preparamos sobre o tema!

Procure por informações do mercado imobiliário

O primeiro passo para saber se é mais vantajoso vender ou alugar o imóvel é, obviamente, procurar informações sobre o mercado imobiliário. Somente após conhecer um pouco mais sobre a situação atual do setor você poderá decidir qual alternativa será mais vantajosa para você no momento.

Para fazer isso, procure ler revistas especializadas e acompanhar as colunas e classificados referentes à essa área no jornal. Os anúncios, por exemplo, podem ser um excelente termômetro para você perceber como anda a demanda por unidades similares à sua e qual é a faixa de preço praticada para a região.

Avalie como estão as suas finanças

Outro passo importante para saber se é mais vantajoso vender ou alugar o seu imóvel é analisar como anda a sua própria situação financeira. Afinal, é esse conhecimento que dirá se você precisa de um grande montante de capital em pouco tempo ou se pode aproveitar os benefícios de locar sua propriedade e receber uma renda passiva por anos.

Obviamente, em longo prazo, a locação da sua unidade se torna mais interessante, pois ela acaba sendo um excelente investimento. Ao mesmo tempo em que você mantém o seu patrimônio e ele vai se valorizando, você ganha uma quantia complementar mensalmente, sem ter de fazer grandes esforços.

Analise qual o potencial do seu imóvel

Outro fator crucial é analisar qual é o potencial do seu imóvel e o quanto ele pode atrair a atenção de outras pessoas para a compra em curto, médio e longo prazo. Logicamente, não vale a pena você negociar a sua unidade nos dias de hoje se ela tende a valer muito mais em alguns anos.

Avalie se a região na qual a unidade está inserida está recebendo investimentos, tanto do poder público quando da iniciativa privada. Alguns itens que agregam valor são a construção de outros empreendimentos residenciais de bom nível, a instalação de estações de trem ou metrô ou a construção de shoppings, por exemplo.

Considere os custos do imóvel

Por fim, você não pode deixar de considerar os custos do imóvel e cruzar essa informação com a taxa de aluguel. Se a unidade tem despesas muito elevadas e o dinheiro que você pode conseguir pela locação não for tão interessante, talvez a venda possa ser efetivamente uma boa ideia.

No entanto, em linhas gerais, manter a sua unidade em seu nome é a melhor opção. Você pode minimizar esses gastos ao locá-la, pois as taxas de condomínio, IPTU e contas como luz, gás e água passam a ser responsabilidade exclusiva do inquilino.

E agora, decidiu se é mais vantajoso vender ou alugar o imóvel? Gostou deste conteúdo? Então acompanhe mais artigos assim seguindo nossas contas no Facebook, Instagram, LinkedIn e YouTube!

[fbcomments]