O que fazer em Belo Horizonte: veja sete dicas imperdíveis

Home /  Quero alugar um imóvel /  O que fazer em Belo Horizonte: veja sete dicas imperdíveis

  • 21/11/2019


Ela fica entre montanhas e tem inúmeras cachoeiras e cidades históricas ao redor. São diversos pontos turísticos e atividades para aproveitar na capital mineira, tanto por turistas como por moradores da região. Para ajudar nisso, separamos algumas dicas sobre o que fazer em Belo Horizonte.

 

A cidade consegue ostentar modernidade sem perder aquele ar interiorano, e, por isso, conquista pessoas de diferentes perfis. Cada bairro mineiro tem suas vantagens, e vale conhecê-los para escolher o melhor na hora de se mudar para BH.

 

Apesar de ser reconhecida por sua abundância cultural, quem gosta de ecoturismo também encontra uma programação recheada de atrações. A gastronomia é outro ponto forte de Belo Horizonte. Então, dedique um tempo para conhecer os inúmeros botecos e provar as cervejas artesanais produzidas na cidade. Você não vai se arrepender!

 

1. Mercado Central

 

Não sabe o que visitar em Belo Horizonte? O Mercado Central é um ponto indispensável! Lá, você encontrará uma mistura de sabores e aromas da culinária mineira. É possível fazer compras de rotina, mas também há uma variedade de botecos que valem uma passada no almoço de final de semana.

 

São mais de 450 barracas onde você encontra as comidas típicas da região, como o queijo minas, o doce de leite e uma cachacinha. Uma curiosidade sobre o Mercado Central de Minas é que ele é o único privado do país.

 

2. Conjunto Arquitetônico da Pampulha

 

A Pampulha foi projetada por Oscar Niemeyer para ser o bairro mais belo do Brasil. O pedido foi de Juscelino Kubitscheck, prefeito da cidade na época. O local ganhou ainda mais reconhecimento após ser declarado Patrimônio da Unesco, e quem não sabe o que fazer em Belo Horizonte precisa colocá-lo na lista.

 

No Conjunto Arquitetônico da Pampulha, há um conjunto de monumentos que contornam a Lagoa da Pampulha. Para quem quer conhecer tudo, é indicado ir de carro ou agendar o itinerário com algum taxista, já que são 18 km a serem percorridos.

 

Os principais pontos a conhecer são a Igreja da Pampulha, a Casa do Baile, a Casa Kubitschek e o Museu de Arte da Pampulha. Na igreja, por exemplo, você encontra obras de Portinari, Burle Marx e Alfredo Ceschiatti. Uma ótima opção de passeio cultural onde você aprenderá muito!

 

3. Mineirão e Museu Brasileiro do Futebol

 

O Estádio Governador Magalhães Pinto — também conhecido como Mineirão — foi projetado por Oscar Niemeyer com o objetivo de criar um gigante, com capacidade para mais de 100 mil torcedores. Entretanto, na Copa do Mundo de 2014, foi necessário fazer uma reforma para cumprir as exigências da FIFA (Federação Internacional de Futebol), e hoje ele comporta 62 mil pessoas.

 

Para os apaixonados por futebol, é indicado fazer uma visita guiada, na qual é possível conhecer os bastidores e as áreas restritas onde os jogadores ficam nos dias de jogos. No interior do Estádio Mineirão, você encontra o Museu Brasileiro do Futebol, com 14 salas que contam a história de personagens marcantes do esporte.

 

4. Praça da Liberdade

 

Não sabe o que fazer em Belo Horizonte no final de semana? Bom, você pode começar o dia com uma caminhada pela Praça da Liberdade, que conta com jardins inspirados no Palácio de Versalhes.

 

Aqui, você perceberá como as construções do século 19, como o Palácio da Liberdade, e os edifícios contemporâneos, como o Edifício Niemeyer, convivem em harmonia. Outra ótima dica é aproveitar os museus do Circuito Cultural da Praça da Liberdade.

 

5. Espaço UFMG do conhecimento

 

Quem estiver na Praça da Liberdade, pode aproveitar e atravessar a rua para conhecer o Espaço UFMG do Conhecimento. Essa é uma parceria entre a UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais) e o Governo de Minas. A programação é diversificada e engloba exposições, oficinas, cursos e debates.

 

Você também pode aproveitar para conhecer o planetário. Mas fique atento, são apenas 65 lugares em cada sessão, por isso, o ideal é chegar com 30 minutos de antecedência. No Terraço Astronômico há um telescópio e teto retrátil, que permitem a visualização e observação do céu — para isso, é necessário retirar uma senha.

 

6. Parque Mangabeiras

 

O Parque das Mangabeiras é localizado na zona sul da capital mineira e foi inaugurado em 1982. O paisagista Roberto Burle Marx foi responsável pelo projeto e o local conserva 59 nascentes.

 

É um ótimo destino para quem busca descanso e uma opção de lazer mais tranquila. Aproveite para usufruir as quadras poliesportivas, pista de skate, brinquedos e muito mais.

 

É importante saber que para entrar no local, é necessário apresentar a carteira de vacinação que comprova a imunização contra a febre amarela. Isso garante a segurança de todos e evita o aumento do número de pessoas contaminadas pelo vírus.

 

Quem busca o que conhecer em Belo Horizonte e quer um roteiro mais completo, além de visitar o parque, é uma boa ideia conhecer o bairro e a Praça do Papa. Termine o dia no Mirante do parque, onde você tem um ótimo panorama da cidade.

 

7. Parque Municipal Fazenda Lagoa do Nado

 

O Parque Lagoa do Nado fica localizado na região norte da capital mineira, entre os bairros Itapoã e Planalto. São aproximadamente 311 mil m² com uma infraestrutura que conta com biblioteca, quadras poliesportivas, pistas de skate e de caminhada, campo de futebol e sala multimeios.

 

A vegetação do local é formada por espécies do Cerrado, e na região do lago você encontra uma Mata Ciliar. Os pesquisadores da UFMG já identificaram cerca de 130 espécies de árvores, sendo que a maioria delas é nativa.

 

Alugue imóveis com facilidade em BH pela Lockey

 

Agora que você já sabe o que fazer em Belo Horizonte, pode ter a certeza de que a cidade é mais que um destino turístico e conta com diversas opções de lazer para seus moradores.

 

Então, se você está considerando se mudar para a capital mineira, está na hora de procurar por imóveis, e a Lockey pode ajudar nisso! No site, você encontra uma variedade de casas e apartamentos para morar em BH.

 

Aqui, o futuro inquilino consegue ter acesso a fotos 360º e à planta do imóvel de forma online. Aliás, quase todo o processo é feito online, a única etapa presencial é a visitação. Fora isso, é possível negociar com o proprietário e assinar o contrato pela plataforma. Confira nossas opções!

[fbcomments]