Startup aposta em economia colaborativa para gerar negócios

Home /  Tenho um imóvel para alugar /  Startup aposta em economia colaborativa para gerar negócios

  • 05/10/2017


Estratégia tende a gerar ganhos financeiros para as partes envolvidas. Qualquer pessoa, interessada em uma renda extra, pode participar.

25 de julho de 2017

 

A Lockey, plataforma digital para locação imobiliária, além de contar com soluções inovadoras para seus clientes, agora aposta na economia colaborativa para expandir seu negócio. A startup dá início, no dia 1º de agosto, à Campanha de Indicação, e qualquer pessoa poderá garantir uma renda extra ao indicar para a plataforma, imóveis disponíveis para serem alugados.

Segundo um dos sócios da empresa, Saulo Miranda, a expectativa é que, com campanha, a startup aumente em 400% o número de imóveis cadastrados. A pretensão é ter 40% de imóveis locados ao final da ação, em dezembro  deste ano. Em relação aos ganhos financeiros, a previsão é que a campanha movimente no mínimo R$ 300.000,00 para todos os envolvidos.

Segundo a coordenadora do curso de Gestão Financeira do UniBH, Leandra Oliveira, para que as empresas sobrevivam nesse momento de crise, é necessário o uso da criatividade e do empreendedorismo. “Novas alternativas de negócios, parcerias, inovações, vendas compartilhadas são opções de economia colaborativa. O compartilhamento entre empresas e redes de profissionais torna o mercado aquecido, amenizando os momentos de crise. Além disso, na correria do dia a dia as pessoas buscam rapidez, comodidade e agilidade na suas compras e aquisições”, explicou.

 

Como funciona a Campanha de Indicação

 

A Lockey tem a proposta de oferecer um serviço ágil e sem burocracia. Assim é também a proposta da ação. Para participar, basta se cadastrar neste link: campanha de indicação.

Você indica o imóvel e o proprietário e, assim que a indicação for publicada no site, você recebe o prêmio na sua conta.  Quando o imóvel for alugado pela empresa, quem indicou também receberá o prêmio de 10% do valor do primeiro aluguel.

Saulo Miranda explica que a ação tem três objetivos: fomentar a plataforma trazendo mais imóveis para locação, fazer com que as pessoas se tornem agentes do negócio e gerar ganhos financeiros para todas as partes – para quem indica, para o proprietário do imóvel e para a Lockey. “Acreditamos que a economia compartilhada surgiu para facilitar a vida das pessoas. Essa também é a proposta do nosso negócio. Nosso cliente consegue alugar um imóvel em 48 horas, sem fiador, e todo o processo é feito de forma digital, sem burocracia”, explica Saulo.

A startup criou a plataforma digital para resolver alguns dos principais problemas do setor. “Nosso desafio é pensar em soluções inovadoras e que facilitem a vida dos usuários. Além da Campanha de Indicação, o seguro fiança é outro exemplo, visto que o inquilino não precisa apresentar um fiador para fechar o negócio. O proprietário terá a garantia do recebimento do aluguel, mesmo com o inquilino inadimplente. A Lockey paga o seguro fiança, sem custo adicional, proporcionando o benefício para o inquilino e proprietário”, ressalta o executivo.

Acesse o site da Lockey e entenda mais:

https://www.lockey.com.br/

 

 

[fbcomments]